segunda-feira, 23 de abril de 2012

QUAL O MEU EDIFÍCIO?

  “E, se alguém sobre este fundamento formar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha,” I Coríntios 3.12

Introdução: Entendo a situação em que a Igreja estava e andava se conhecer o contexto histórico e localização da cidade de Corinto. No texto em questão, o apóstolo Paulo mostra em palavras simples sobre o Fundamento da Igreja, que não pode ser mudado, e como os crentes estavam edificando seu edifício espiritual. Através do sacrifício de Jesus, temos a pedra fundamental da minha vida espiritual, porém o edifício quem constrói sou eu.
Posso entender um pouco mais o que Paulo exortou se entender cada material e fizer as devidas aplicações em minha vida. Existem dois tipos de crentes: Trabalhadores e Acomodados.
ü Os trabalhadores são aqueles que fazem GRANDES esforços, porém tem GRANDES resultados. Esses vão fundo para conseguirem os melhores materiais para sua edificação.
ü Os acomodados são aqueles que fazem PEQUENOS esforços e seus esforços são a quantia de seus PEQUENOS resultados. Esses vão até ali, fazem o mais fácil.

Que crente eu sou? Qual o valor do edifício que estou fazendo sobre o fundamento, que é inabalável?
video
1.     Ouro
O Ouro 24k é puro, não tem misturas, conhecido como ouro 1000 e, por ser muito macio, não é indicado para confeccionar joias.
O 18k tem 25% de mistura de metais nobres. É o ouro padronizado para confecção de joias.
Que casa maravilhosa, com paredes de ouro puro!
2.     Prata
A prata 925 contém 7,5% de cobre usado como liga. A prata 950 contém 5% de liga, é a chamada prata de lei. Tem alto brilho e ótimo grau de dureza, sendo usada em joias artesanais. A prata que tem menor valor é a 900 (ou 90), que banha objetos de latão, cobre, ferro e outros. A prata pura possui o teor de pureza igual a 1000 e não serve para fabricação de joias porque tem grau de dureza baixa. Só se usa em filigranas. A prata leve é uma mistura de metais leves, ouro e prata pura. As joias dessa linha possuem brilho e leveza únicos.
Casa prateada, há quem prefira a prata ao amarelo do ouro.
3.     Pedras preciosas
A pedra preciosa mais cara do mundo é o diamante vermelho, cotado a 15 bilhões de reais o quilate (200mg). A mais rara é o amolite, uma pedra muitíssimo rara muito cultuada pelos seguidores do feng shui (dizem que ela traz boa sorte a quem possui). E por fim a pedra mais bonita do mundo, depende muito do gosto, eu por exemplo  gosto do topázio london blue, que se trata de um topázio branco, e após ele passar por um processo de choque térmico em altíssima temperatura em um forno especial, passa a ter uma coloração azul, magnificamente bela. É dado o nome de london blue, por lembrar o azul do céu de Londres.

O Nano Car ficou conhecido por ser o carro mais barato do mundo. Mas uma versão especial do veículo lançada na Índia custa o equivalente a R$ 8,5 milhões.
O modelo é revestido de 80 kg de ouro, 15 kg de prata e muitas pedras preciosas.
Cerca de trinta joalheiros trabalharam no revestimento do veículo. Fonte: Estadão

Esses tem o valor eterno! Ou será que alguma joia egípcia, maia, inca ou mesmo aquela herança, aqueles ouro, colares... dos bisavós perdem valor?

4.     Madeira
A madeira é um material produzido a partir do tecido formado pelas plantas lenhosas com funções de sustentação mecânica. Sendo um material naturalmente resistente e relativamente leve, é frequentemente utilizado para fins estruturais e de sustentação de construções. É um material orgânico, sólido, de composição complexa. Caracteriza-se por absorver facilmente água.
Casa de madeira, bonita mas não tão resistente e valiosa quanto as outras anteriores.
5.     Feno
O feno é uma mistura de plantas ceifadas e secas, geralmente gramíneas e leguminosas, usada como forragem para o gado, mediante a desidratação que retira a água, mas mantendo o valor nutritivo e permitindo sua armazenagem por muito tempo sem se estragar.
Casa de Feno. Dificilmente alguém conseguiria ficar por muito tempo dentro. Não tem segurança alguma e nem valor.
6.     Palha
Palha consiste num subproduto vegetal de algumas gramíneas (capins, grama...), sobretudo cereais que, após desidratadas, são usadas em indústria ou como forragem animal.
Achei uma definição curiosa: “Palha, ao menos aqui no Rio Grande do Sul, significa pessoa que diz que vai fazer algo mas não faz.”
Casa de palha. Pior do que a casa de Feno.

Esses são perecíveis, basta um pouco para se acabarem.

Conclusão: Deus quer que eu tome uma posição! Como estou construindo meu edifício? Ainda é tempo de recomeçar a construção. O fogo de Deus passa a cada dia, provando minhas paredes. Quando são materiais de um acomodado, o fogo destrói, mas quando são materiais dos trabalhadores, o fogo purifica as paredes e ficam a cada dia mais reluzentes.

Que Deus abençoe!
Ricardo Hilário


Nenhum comentário:

Postar um comentário